ESPECIFICIDADES E IMPORTÂNCIA DE MODELOS MATEMÁTICOS DE QUALIDADE DA ÁGUA

Leandro Fleck, Maria Hermínia Ferreira Tavares, Eduardo Eyng

Resumo


Como alternativa aos impactos ambientais provenientes do desenvolvimento econômico várias ferramentas de apoio a gestão pública vêm sendo desenvolvidas, onde os modelos matemáticos de qualidade da água merecem especial destaque por apresentarem ampla aplicação no processo de gerenciamento da qualidade dos recursos hídricos. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo apresentar uma revisão bibliográfica acerca dos principais fatores relacionados à modelagem matemática da qualidade da água de rios. Ao criar um modelo matemático algumas etapas devem ser consideradas para que as informações geradas sejam confiáveis. Dentre as principais etapas, o processo de calibração e validação do modelo se destaca, pois nessas etapas o modelo é confrontado com os dados experimentais e o poder preditivo do mesmo é confirmado. Em geral, a modelagem matemática quando corretamente utilizada por profissionais capacitados, engloba processos químicos, físicos e biológicos de forma simples e eficiente, justificando assim seu uso no controle da qualidade dos recursos hídricos.


Palavras-chave


Modelagem Matemática; Recursos Hídricos; Gestão Pública.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v2i1.102