A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NOS INSTITUTOS FEDERAIS: PERFIL DA OFERTA

Fernanda Bartoly Gonçalves de Lima

Resumo


Este trabalho apresenta uma análise sobre a oferta de formação de professores pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, relacionando este fenômeno ao contexto sócio-histórico educacional, e, em especial, das instituições federais de educação profissional. Para essa análise, é realizado o levantamento de cursos de formação de professores, que estão sendo oferecidos pelos Institutos Federais. A partir desses dados, se demonstra o perfil da oferta de formação docente realizada por esses institutos, e se realiza uma discussão sobre o que esse perfil de oferta representa. O levantamento dos cursos foi realizado no Sistema e-MEC, o sítio eletrônico oficial do Ministério da Educação. A partir dos dados se realiza uma discussão dialética, entendida a partir do materialismo-histórico, a fim de se aprofundar o que os fatos revelam quando considerado em sua totalidade e historicidade. A pesquisa mostra que os cursos oferecidos são, em sua maioria, voltados para a formação inicial do professor, e no período noturno. A região com maior oferta é a região nordeste. Além disso, é percebido que a primazia da oferta é para a formação de professores para a educação básica, especialmente em física, química, biologia e matemática. Já a formação de professores para a educação profissional é ofertada de forma inexpressiva. Lembrando que os Institutos Federais resguardam características que os divergem de outras instituições que visam formar professores, estes se apresentam como um novo locus para a formação de professores. Além disso, um locus em expansão.


Palavras-chave


Formação de professores; Institutos Federais; Oferta de cursos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v2i1.104