Reflexões sobre o papel transformador da dança em um processo criativo

Rosana de Souza

Resumo


Este texto tece reflexões sobre a experiência de uma estudante em dança que encontrou caminhos inusitados de vida e arte após participar pela primeira de um processo de composição artística em dança. O objetivo é registrar e desenvolver os aspectos formativos de capacitação técnica e artística desenvolvidos em um projeto de extensão. Por meio do relato da experiência e do paralelo com conceitos específicos, pode-se aferir que ideias pré-concebidas e estagnadas sobre dança, corpo, movimento e coreografia não fazem sentido se não considerarem a diversidade dos contextos em que se inserem.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVIC, Marina. The Artist is present. 2012. DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA LLC E MUDPUPPY FILMS INC. 2012.

AGAMBEN, Giorgio. Nudez. Lisboa: Relógio D’Água, 2009.

VELLOSO, Marila. Body-Mind Centering® e os Sistemas Corporais. In: BOLSANELLO, D. Em Pleno Corpo: educação somática, movimento e saúde. 2ª Edição. Curitiba: Juruá, 2010.

COHEN, Renato. Work in progress na cena contemporânea: criação, encenação e recepção. São Paulo: Perspectiva, 2006.

HELLINGER, Bert. Ordens da Ajuda. Patos de Minas: Atman, 2005.

PIZARRO, Diego. Fazendo Contato: A Dança Contato-Improvisação na Preparação de Atores. Dissertação (Mestrado em Arte) – Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

SCHNEIDER, Jakob Robert; GROSS, Brigite. Ah, que bom que eu sei! A visão sistêmica nos contos de fadas. / Jakob Robert Schneider, Brigite Gross; Patos de Minas: Atman, 2005.

DELEUZE, Gilles; e GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 1. São Paulo: Ed. 34, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v5i1.328