Monteiro Lobato e Mário de Andrade: confluência da cultura popular brasileira

  • Silvani Lopes Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS, Campus Ibirubá

Resumo

Neste artigo apresentamos uma leitura de textos dos escritores modernistas Monteiro Lobato e Mário de Andrade, apontando pontos de aproximação entre os autores no que se refere à exploração do folclore e da cultura popular brasileira. No caso de Lobato, fizemos uma leitura de Histórias de tia Nastácia e O Saci; enquanto em Andrade abordamos a obra Clã do Jabuti. Propomos uma análise das obras buscando evidenciar que ambos os autores transitam entre o erudito e o popular e por isso conseguem explorar com maestria tais elementos em seus textos. Nesse sentido, cabe ressaltar que o aproveitamento estético das marcas da oralidade, na escrita desses dois autores, é que promove uma relação entre a moderna literatura nacional e a tradição da cultura popular.

Biografia do Autor

Silvani Lopes Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS, Campus Ibirubá
Graduada e Mestre em Letras pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); doutoranda em Letras pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS).

Referências

ANDRADE, Mário de. Poesias completas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013.

BARBOSA, João Alexandre. A modernidade no romance. In: PROENÇA FILHO, Domício (Org.). O livro do seminário: ensaios. Ed. LR Editores Ltda. São Paulo, 1982.

BENJAMIN, Walter. O narrador. In: ______. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BERND, Zilá. Literatura e identidade nacional. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1992.

BOSI, Alfredo. Cultura brasileira: temas e situações. São Paulo: Ed. Ática, 1987.

CANDIDO, Antonio. Literatura e sociedade. São Paulo: T. A. Queiroz, 2000.

CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 10. ed. São Paulo: Ediouro, 1999.

COSTA LIMA, Luiz. Lira e antilira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

FARIAS FILHO, Otávio. Monteiro Lobato. Chapecó: grifos, 1999.

FERREIRA GULLAR. Vanguarda e subdesenvolvimento. In: ______. Vanguarda e subdesenvolvimento: ensaios sobre arte. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1984.

LAFETÁ, João Luis. Figurações da intimidade: imagens na poesia de Mário de Andrade. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

LOBATO, Monteiro. Viagem ao céu e O Saci. São Paulo: Ed. Círculo do Livro S. A., 1988.

______. Histórias de Tia Nastácia. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1964.

NUNES, Ana Rosa de Mendonça. Modernismo e tradição da oralidade na poesia: uma leitura de Clã do jabuti, de Mário de Andrade, e Catimbó, de Ascenso Ferreira. 2006. Dissertação (Mestrado em Literatura Comparada) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.

PAULINO, Maria das Graças. Leitura popular: o novo e o repetido. In: ZILBERMAN, Regina. (Org.). Atualidade de Monteiro Lobato: uma revisão crítica. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1983.

SUBIRATS, Eduardo. A arte e o futuro da cultura. In: ______. Da vanguarda ao pós-moderno. São Paulo: Nobel, 1986.

Publicado
2019-12-17
Seção
ARTIGOS