O processo de implantação do currículo integrado do curso técnico na modalidade de Educação de Jovens e Adultos

  • Tereza Alice Amaro Medeiros Instituto Federal de Brasília

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa de mestrado que trata acerca de como se deu o processo de implantação do currículo integrado no Curso Técnico em Serviços Públicos na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, no Centro Educacional 02 do Cruzeiro, uma instituição pública de ensino do Distrito Federal. A metodologia adotada foi a qualitativa e a pesquisadora usufruiu de diferentes técnicas de recolha de dados (análise documental, observação participante, entrevista semiestruturada) para responder aos objetivos da pesquisa. Os resultados alcançados demonstram que o currículo integrado e realmente praticado podefavorecer uma formação integral, além de ser capaz não só de elevar a escolaridade dos estudantes, como também promover uma formação humana e integrada, visando ao egresso do curso o exercício da cidadania com ética e responsabilidade social. 

Biografia do Autor

Tereza Alice Amaro Medeiros, Instituto Federal de Brasília
Docente de Pedagogia do Instituto Federal de Brasília - Campus São Sebastião.

Referências

BONI, V.; QUARESMA, S. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em ciências sociais. Em Tese, v. 2, n. 1, p. 68-80, 2005.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 20 set. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Brasília, DF: 2016.

CIAVATTA, M. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e identidade. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Orgs). Ensino Médio integrado: Concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. p. 86-105.

CORREIA, M. C. B. A observação participante enquanto técnica de investigação. Pensar Enfermagem, v. 13, n. 2, p. 30-36, 2009. Disponível em <http://pensarenfermagem.esel.pt/files/2009_13_2_30-36.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2018.

FAZENDA, I. C. A. Interdisciplinaridade: História, teoria e pesquisa. 18 ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

FREITAS, L. C. Crítica da organização do trabalho pedagógico e da didática. Campinas, SP: Papirus, 1995.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GUERRA, I. C. Pesquisa Qualitativa e Analise de Conteúdo. Sentidos e formas de uso. Portugal: Principia, 2006.

LIBÂNEO, J. C. Organização e Gestão da Escola. Teoria e Prática. 6 ed. São Paulo: Heccus Editora, 2015.

MACHADO, L. R. Ensino médio e ensino técnico com currículos integrados: propostas de ação didática para uma relação não fantasiosa. In: Secretaria de Educação Básica/MEC. Ensino Médio integrado à educação profissional: integrar para quê? Secretaria de Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

MOREIRA, A. F. B.; CANDAU, V. M. Currículo, conhecimento e cultura. In: Indagações sobre o currículo. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Departamento de Políticas de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasil, 2007. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/indag3.pdfra>. Acesso em: 13 jun. 2018.

Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Serviços Públicos. CED 02 do Cruzeiro. Brasília, 2015.

RAMOS, M. Concepção do ensino médio integrado à formação profissional. Seminário sobre Ensino Médio. Superintendência de Ensino Médio da Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Norte, 2007.

SACRISTÁN, J. G. (Org.). Saberes e incertezas sobre o currículo. Porto Alegre: Penso, 2013. p. 16-25.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LUCIO, P. B. Metodologia de pesquisa. 3 ed. Tradução por MURAD, F.C; KASSNER, M.; LADEIRA S.C.D. São Paulo: McGraw-Hill, 2006. (Obra original publicada em 1991).

SANTOMÉ, J. T. Globalização e interdisciplinaridade: O Currículo Integrado. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, Ltda, 1998.

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL (SEEDF). Orientações pedagógicas da integração da educação profissional com o ensino médio e a educação de jovens e adultos. Coordenação de Educação Profissional. Brasília, 2014. Disponível em <http://www.ceprof.se.df.gov.br/noticias/item/2086-opi.html>. Acesso em: 10 jul. 2018.

WEISZFLOG, W. Dicionário Michaelis. Moderno Dicionário da Língua Portuguesa. São Paulo: Companhia Melhoramentos, 2004.

Publicado
2019-12-18
Seção
ARTIGOS