TECNOLOGIAS DIGITAIS DE ACESSO À LITERATURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ANDREA KARLA FERREIRA NUNES, VINICIUS SILVA SANTOS, JACQUES FERNANDES SANTOS

Resumo


O trabalho aborda um olhar sobre o desenvolvimento da ação pedagógica na educação infantil com vistas ao desenvolvimento da leitura, por base de um letramento que seja lúdico, intuitivo e desejado. Apresenta o espectro das tecnologias e suas plataformas como caminho de adequação a um novo perfil e desenho social. Para isso, se utiliza de uma abordagem de pesquisa qualitativa, com base na pesquisa bibliográfica, com diálogos acerca do tema proposto, desenhando um cenário sobre pesquisas e teorias acerca do paradigma de ensino e aprendizagem. Por fim, identifica desafios, limites e realidades acerca da tecnologia na escola, encarada como algo comum e normal, ou já esperado pela sociedade, e cujo mito constrói também a ideia de professores conectados, com bom uso da tecnologia, enquanto, na verdade, ainda há resultados de separatismos sociais de base econômica, em que a imagem e a impressão de escola moderna ainda são latentes e necessitam ser quebradas e desmistificadas


Texto completo:

PDF

Referências


MORAES, R. Análise de conteúdo. Revista Educação, v. 22, n. 37, 1999.

MOREIRA, D. A. O método fenomenológico na pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson, 2002.

OLIVEIRA, M. K. D. Vygotsky: Aprendizado e desenvolvimento: um processo Sócio-histórico. São Paulo: editora Scipione, 1995.

RANGEL, M. F.; Freire, W. Educação com Tecnologia. Rio de Janeiro: Wak editora, 2010.

SANDRONI, L.; MACHADO, L. R. A criança e o livro: Guia prático de estímulo à leitura. São Paulo: Ática, 2000.

SCHERER, S. O papel do professor nos ambientes virtuais de aprendizagem. In: Congresso de Educação A Distância – Mercosul, 7, 2003. Florianópolis. Anais. Florianópolis-SC: CTAI-Senai. p. 270-274.

SILVA, A, A. Literatura para Bebês. Revista Pátio, n. 25, p. 57-59, 2003, São Paulo, UNESCO.

VYGOTSKY, L. S. (1998). O desenvolvimento psicológico na infância. São Paulo: Martins Fontes.




DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v8i3.634