As representações sociais de professoras de língua inglesa para crianças

Resumo

Este artigo visa apresentar os resultados de uma pesquisa acadêmica que teve como objetivo investigar as representações sociais dos professores de Língua Inglesa que atuam nas séries iniciais do Ensino Fundamental em escolas particulares do Distrito Federal. O embasamento teórico teve como princípio norteador o ensino de línguas estrangeiras para crianças (SANTOS, 2010; ROCHA, 2009; CAMERON, 2001), a vertente da psicologia social e a teoria das representações sociais de Moscovici (1987). A análise dos dados foi realizada considerando-se a Teoria de Análise de Conteúdo proposta por Bardin (2006). As categorias de análise foram estabelecidas a priori pelo perfil das professoras de Língua Inglesa para crianças e pelo processo de ensino-aprendizagem de Língua Inglesa nas séries iniciais do Ensino Fundamental. A análise dos dados apontou, entre outros resultados, que as professoras investigadas consideram importante a inserção da Língua Inglesa ainda nas séries iniciais do Ensino Fundamental, isso porque acreditam que, quanto mais cedo as crianças tiverem contato com a língua estrangeira, mais facilidade terão em situações futuras de aprendizagem.

Biografia do Autor

Kleber Aparecido da Silva, Universidade de Brasília
Kleber Aparecido da Silva é licenciado em Língua Inglesa pela Universidade Federal de Ouro Preto. É Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É Doutor em Estudos Linguísticos (Linguística Aplicada - Língua Estrangeira) pela Universidade Estadual Paulista (UNESP - São José do Rio Preto). É Pós-Doutor em Linguística Aplicada pela UNICAMP e em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP. É Pós-Doutorando em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É Professor Associado 1 do curso de Letras (Português do Brasil como Segunda Língua) do Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas e da Universidade Aberta do Brasil - UnB. É professor e orientador do curso de pós-graduação em Linguística da UnB, do Programa de Pós-Graduação em Letras: Cultura, Educação e Linguagens da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Letras ?
Publicado
2020-10-26
Seção
ARTIGOS