Dualidade estrutural no ensino técnico profissionalizante em Brasília (IFB): uma análise do discurso oficial de inclusão e as dificuldades de permanência dos alunos

Claudio Nei Nascimento da Silva, Fernanda Conciani, Márcio Adriano de Azevedo, Cristiane Jorge Lima Bonfim, Oswaldo Junqueira Vaz Júnior, Evelynne Katriny Silva de Sousa Miranda, Maiane Araújo Souza

Resumo


Esta pesquisa teve o objetivo de analisar as causas e as consequências da evasão no Instituto Federal de Brasília, à luz do fenômeno sociológico da dualidade estrutural em comparação com o discurso oficial da inclusão presente nos documentos institucionais. Os resultados revelaram que apesar do discurso oficial da inclusão, a dualidade estrutural continua presente como fator explicativo do fracasso escolar dos estudantes por meio da evasão, que se revelou em altas taxas nos cursos técnicos com duração de um ano e meio, e de uma permanência deficiente, quando não conseguem conciliar trabalho e estudo.  

 


Palavras-chave


Educação Profissional; Dualidade Estrutural; Inclusão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v2i1.95