A GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA DE UMA ESCOLA PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL

  • Eduardo Dias Leite
  • Sales de Sousa, M. S. Instituto Federal de Brasília - IFB
  • Amorim, H. C. C. Instituto Federal de Brasília - IFB

Resumo

A presente pesquisa busca entender o modelo de gestão escolar participativo em uma escola pública do DF em que professores, pais e gestão precisam buscar no diálogo condições para a construção de uma educação pública e de qualidade, visando a excelência na relação ensino participativo e aprendizagem. Por meio de uma pesquisa qualitativa e uma entrevista estaremos focados no estudo de como se dá o processo de gestão democrática da educação e possíveis dificuldades enfrentadas no decorrer de um ano letivo. Este trabalho propõe analisar o envolvimento dos atores no processo democrático participativo, e ao dialogar com os envolvidos, a pesquisa nos trouxe um problema. De acordo com o projeto político pedagógico a eleição para diretor em uma escola pública cumpre o objetivo de uma gestão democrática e participativa construindo um espaço de convivência democrática? O objetivo geral é analisar como pano de fundo a gestão de uma escola pública em Brasília e analisar a implementação do projeto político pedagógico e seu modelo de gerência participativa na área da educação. E percebemos muitos conflitos dentro do lócus escolar. O que atrai para nossa pesquisa uma luz sobre os reais problemas enfrentados dentro deste espaço que precisa ser participativo e democrático. Dessa forma vamos considerar o ponto de vista dos entrevistados, com identificação de ações e/ou omissões de professores, pais e gestão nas dificuldades para se adequar as normas da educação.

Biografia do Autor

Sales de Sousa, M. S., Instituto Federal de Brasília - IFB
MariaDaguia de Souza Sales de Sousa
Amorim, H. C. C., Instituto Federal de Brasília - IFB
Hellen Cristina Cavalcante Amorim, professora do Instituto Federal de Brasília - IFB, Campus Brasília.
Publicado
2022-12-22
Seção
ARTIGOS