EDUCAÇÃO CIENTÍFICA, PENSAMENTO CRÍTICO E ARGUMENTAÇÃO: RELATOS DE UMA EXPERIÊNCIA COM LIVROS DE SAGAN E DAWKINS NO ENSINO MÉDIO

Ricardo Roberto Plaza Teixeira

Resumo


Este artigo analisa diferentes aspectos dos livros “O mundo assombrado pelos demônios”, escrito pelo físico Carl Sagan, e “Deus, um delírio”, escrito pelo biólogo Richard Dawkins, bem como suas possibilidades didáticas no ensino médio. Ambos os livros são obras de divulgação científica nas quais o tema central é o desenvolvimento do pensamento crítico e a reflexão sobre temas controversos. Eles podem colaborar para a formação de consciências críticas no ensino médio. Estes livros, além disso, apresentam uma interface muito grande com muitos temas científicos e também com tópicos de história da ciência. A linguagem utilizada neles evidencia para o leitor como se estrutura um texto argumentativo no qual o objetivo principal é o de persuadir. Estes livros foram lidos por alunos de uma turma de terceiro ano do ensino médio do Instituto Federal de São Paulo em uma disciplina- projeto cujos eixos eram Ciência, História e Cultura. O trabalho pedagógico realizado é analisado, a partir dos relatos dos próprios estudantes no processo de avaliação realizado.

Palavras-chave


Argumentação; Educação Científica; História da Ciência; Pensamento Crítico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19123/eixo.v1i2.60